Album Cover

Voodoo Child The End Of Everything LP – CD Trophy Records

23,5 € delete

Subtotal

42,5 €

Shipping and final taxes will be calculated at checkout

single

ALEXANDRE SAMPAIO E RICARDO RAMINHOS Specis Plantarum

Este livro é uma peça especial, extremamente cuidado na sua concepção e realização. Um harmónio entre duas placas de MDF, o aspeto da madeira, uma rigidez, como um herbário, que quer conservar as plantas. A identificação da obra no rosto, através de um carimbo aposto manualmente torna cada exemplar único. Um fio ata com um pequeno laço, mantendo fechado ‘o herbário’ e conservando assim as suas espécies. É preciso retirar o fio para o abrir. Este desafio de querer ver. As fotografias sucedem-se, entre o preto e branco e a cor, elaboradas, cuidadas. Em cada fólio (que o leporelo permite, se vir como um livro ‘normal’), as espécies estão identificadas com o nome científico e paralelamente, o nome comum. As fotografias, sobre o papel mate, têm uma impressão de verniz, que lhes dá uma luz, um destaque, um brilho especial. Alexandre Sampaio e Ricardo Raminhos constroem um herbário fotográfico, levam-nos a caminhar pela Quinta da Cruz, em Viseu, em cuja galeria expõe o trabalho. Um caminhar que vê para além do lugar, um olhar emocional, de memórias, de sentidos. // Escrevem os autores: "A construção de herbários remonta ao séc. XVI, com a função de recolha, identificação, catalogação e conservação de plantas. A sua manutenção e ampliação é ainda hoje importante, sobretudo face ao aumento das espécies vegetais ameaçadas a nível mundial. Como resposta à valorização e preservação da identidade e do território geográfico onde o museu se insere, e numa perspetiva de sensibilização para a preservação do património natural, a Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea, desafiou Alexandre Sampaio e Ricardo Raminhos, para a realização de uma proposta que interligasse dois universos – botânica e fotografia. // Ao longo do ano de 2020 e 2021, os autores, procuraram reinterpretar o conceito do herbário, dedicado em exclusivo às espécies arbóreas dos jardins da Quinta da Cruz, valorizando o seu potencial imagético e as suas histórias de matéria física e etérea. Esta criação fotográfica centrada em composições de fotograma e fotografia noturna, é o resultado de um conjunto de ateliês de botânica e técnica fotográfica, bem como a criação de um dispositivo pedagógico, “De Pernas para o Ar”, preparado para dar resposta ao Serviço Educativo do museu, proporcionando uma interação com os princípios da fotografia pela recreação de uma câmara obscura gigante que permitisse a experiência de entrar no seu interior, bem como do manuseamento e exploração individual de câmaras com lentes e espelhos.
BOOK IN
stock
25€ Buy

Event

Playlist

Check our music selecion.

More playlists

Newsletter

Subscribe for Materia Prima good news.